Sábado, 13 de Abril de 2024

Buscar  
Videos

Regis Danese - Tu Podes

19/11/12




+ Videos
Hora Certa




(83)9 8881-6566

Notícias Atualizadas
  • Missões / Ação Social
    Cinco cristãos são decapitados por terroristas durante culto no Congo
    Cinco cristãos são decapitados por terroristas durante culto no Congo

    Cinco cristãos foram decapitados por terroristas islâmicos durante um culto na República Democrática do Congo, na semana passada.

    Segundo Don Foster, missionário da Love Your Neighbour Africa, os muçulmanos radicais têm matado muitos cristãos na região leste do país.

    “Cortaram as cabeças de cinco cristãos em plena adoração numa igreja em uma cidade perto”, relatou Don, em entrevista ao God Reports.

    E explicou: “Estes muçulmanos estão numa jihad para matar cristãos, a fim de formar um estado muçulmano no leste da República Democrática do Congo”.

    A insegurança crescente forçou 6,9 milhões de pessoas a se tornarem deslocados internos na República Democrática do Congo, segundo a Organização Internacional de Migração das Nações.

    Recentemente, os terroristas também sequestraram 30 pessoas para converter ao islã à força ou escravizá-los.

    “Meninas e mulheres são estupradas e obrigadas a cozinhar. Os meninos são obrigados a matar e se tornarem crianças-soldados ou serão mortos. Isso é o Islã”, disse Don.

    O missionário comentou que os radicais recebem 250 dólares dos líderes islâmicos por cada pessoa que assassinam.


    Os missionários Don e Jenya com órfãos que cuidam. (Foto: Facebook/LOVE YOUR NEIGHBOR AFRICA).

    Servindo em meio a violência

    Don serve no Congo junto com sua esposa Jenya. O casal mantém um orfanato para crianças do povo pigmeu Mbuti, cujos pais foram mortos pelos terroristas.

    Os missionários resgatam os órfãos, que costumam sofrer maus-tratos e discriminação em suas aldeias.

    Desde 2015, o casal prega o Evangelho na região e plantou uma escola de discipulado para aqueles que se convertem a Cristo.

    Em um método de multiplicação, os novos convertidos também evangelizam e alcançam mais pessoas, incluindo os Karamajong, uma tribo não alcançada de ladrões de gado. Ao todo, o trabalho dos missionários resultou em 31 mil salvações e 14 mil batismos. 

    Mesmo em meio à pobreza, violência e agitação política, Don e Jeya continuam perseverando no campo missionário do Congo.

    Cristãos sob constante ameaça


    Don batizando um novo convertido. (Foto: Facebook/LOVE YOUR NEIGHBOR AFRICA).

    A República Democrática do Congo está na 41ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2024. O Leste do país é uma região perigosa para os cristãos. 

    Enquanto grupos rebeldes estão disputando o controle da região, os cristãos vivem sob constante ameaça de sequestros e ataques violentos. 

    Os terroristas costumam sequestrar e violentar sexualmente as mulheres, que são depois forçadas a se casarem com soldados da milícia. Dessa forma, eles mantêm as cristãs como um tipo de “troféu” que exibe o poder e a vitória do grupo.   

    A organização explica que as chances de encontrar justiça através do sistema legal do país são pequenas. Muitos cristãos são forçados a fugir de casa e buscar refúgio em vilarejos próximos.

    Os líderes cristãos que discursam e se opõem à corrupção e violência são assediados e ameaçados pelo governo. 


  • Notícias
    Jovem com câncer terminal fala sobre relacionamento com Jesus: ?Tenho fé e confio Nele?
    Jovem com câncer terminal fala sobre relacionamento com Jesus: ?Tenho fé e confio Nele?

    Na última terça-feira (9), a influenciadora digital Isabel Veloso participou do podcast “Inteligência Ltda”, apresentado por Rogério Vilela e fez declarações impactantes sobre seu processo contra o câncer.

    Isabel, de 17 anos, é uma paciente de câncer em estágio terminal que foi diagnosticada com Linfoma de Hodgkin aos 15 anos.

    Há três anos fazendo tratamento oncológico, a jovem demonstrou que sua fé e seu amor por Jesus lhe sustentam.

    “Na minha trajetória com a doença eu nunca consegui questionar. Eu acho que eu seria muito injusta se eu questionasse a Deus, porque eu consegui ter a maturidade de entender que às vezes o que Ele quer para mim não é o que eu quero”, disse ela.

    E continuou: “Mas, se eu tenho fé e confio Nele, eu sei que o Ele quer para mim é melhor do que eu planejo, independente de qualquer tempo”.

    Isabel disse que muitas pessoas a questionam sobre a fé, e ela explicou:

    “Eu tenho fé, só que não tem problema nenhum eu aceitar que talvez o meu destino seja esse. Depois que eu descobri que qualquer tratamento que eu fizesse não teria fim para me curar, eu entendi que a minha missão aqui às vezes não é ser curada, é ter a missão de curar”.

    E continuou: “Eu acho que é mais bonito do que você ser curado e apesar de ser a pior dor da minha vida, do fundo do meu coração, eu agradeço muito por ter passado por tudo isso”.

    “Apesar do câncer ter sido a pior coisa, ao mesmo tempo foi a melhor. Porque antes, eu não dava valor para quando eu tinha os pulmões funcionando cem por cento, eu não dava valor por eu respirar, eu não acordava dando bom dia para Jesus”, acrescentou.

    História de Isabel

    Segundo os médicos, Isabel tem apenas 4 a 6 meses de vida. Nas redes sociais, a jovem nascida no Paraná compartilha com o público sua rotina de combate à doença.

    Aos 15 anos, ela foi diagnosticada com um linfoma de Hodgkin — um câncer do sangue com origem no sistema linfático — Isabel fez quimioterapia e transplante de medula óssea, e, em novembro de 2023, alcançou a cura. 

    No entanto, três meses depois, a doença voltou de forma mais agressiva. Segundo ela, os exames apresentaram um tumor de 17 centímetros que pega parte do coração e pulmão.

    No dia 1º de março, a jovem contou aos seguidores que recebeu o diagnóstico paliativo dos médicos. No documento, os especialistas relataram: “Linfoma de Hodgkin sem resposta ao tratamento quimioterápico”. 

    E acrescentaram que a paciente está “em cuidados paliativos exclusivos” para focar em controlar e aliviar os sintomas.

    Os médicos informaram que a localização do tumor é a principal causa dos sintomas, no mediastino (espaço entre os dois pulmões, no centro do tórax, onde estão a traqueia, o coração, o esôfago, o timo e parte dos sistemas nervoso e linfático).

    Conquistas em meio o sofrimento 

    Entre a cura e o novo diagnóstico, Isabel se formou na escola e foi aprovada na universidade de psicologia. 

    Após a notícia do retorno da doença, a jovem passou a viver novas experiências e realizar sonhos. 

    Além de viagens ao lado do namorado, Lucas, e da família, o casal decidiu se casar.

    No dia 23 de março, eles anunciaram a futura união, que era um sonho de Isabel. Os dois vão se casar no dia 13 de abril, e a festa será realizada no domingo seguinte, dia 22. 

    De acordo com o Folha de Pernambuco, na última semana, Isabel contou aos seus mais de 1,6 milhão de seguidores no Instagram sobre a estabilização da doença.

    “Fui fazer uma tomografia e estou bem feliz com o resultado, mostrou que o tumor está estabilizado no crescimento, ainda está pequeno. Graças a Deus, está dando tudo certo, quem sabe fico mais tempo por aqui. Estou muito feliz com isso”, disse ela.

    Assista a entrevista: 

     


  • Notícias
    Denzel Washington alerta sobre vício em redes sociais: ?Desligue o celular e você verá?
    Denzel Washington alerta sobre vício em redes sociais: ?Desligue o celular e você verá?

    Num tempo em que as pessoas vivem de “expectativas”, alguns percebem o problema que é considerado o mal do século — ansiedade. 

    A maioria fica sempre na expectativa do próximo vídeo do reels, do YouTube, do TikTok e não percebe que a vida passa levando com ela o verdadeiro propósito de estarmos aqui. 

    Num trecho da entrevista de Denzel Washington ao jornal New York Times, em 2021, ele falou sobre sobre o atual vício da sociedade em informações e o uso excessivo das redes sociais. 

    Ao ser questionado sobre o que tem a dizer sobre o assunto, ele disparou: “Eu diria: desligue isso! Mas é difícil para os jovens que estão viciados. E eu diria que ‘todos’ estão viciados: do mais rico ao mais pobre. Se você acha que não está, experimente desligar isso [celular] por uma semana”. 

    ‘Deus nos abençoou com o livre arbítrio’

    Ao se referir ao celular, computadores ou até mesmo as redes sociais tão comuns, hoje em dia, o ator as chama de “ferramentas” e enfatiza que “Deus nos abençoou com o livre arbítrio”. 

    “Você é livre para ir na direção que quiser e todos nós queremos ser queridos, mas agora queremos ser queridos por 16 milhões de pessoas. E alguns de nós farão tudo por isso”, refletiu. 

    “Antes, nós também fazíamos de tudo para sermos queridos, mas pelas pessoas que estavam na nossa frente, mas agora é por pessoas que nem conhecemos e temos que nos perguntar qual o efeito disso a longo prazo”, resumiu.

    ‘Precisamos de uma âncora espiritual’

    Ao falar sobre sua fé, Denzel não economiza palavras, ainda durante a entrevista ele disse que é “um homem temente a Deus” e comentou sobre suas experiências espirituais desde a conversão. 

    O alerta dado sobre o atual comportamento da sociedade quanto ao vício em informações e redes sociais inclui também o perigo da egolatria. 

    Ele observou que as pessoas estão muito concentradas nelas mesmas: “Quem não tiver uma âncora espiritual será facilmente levado pelo vento e levado à depressão”, disse ao relacionar um profecia bíblica.

    “Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, crueis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus”. (2 Timóteo 3.2-4)


  • Notícias
    Menina da 5ª série é impedida de ter clube de oração em escola: ?Discriminação religiosa?
    Menina da 5ª série é impedida de ter clube de oração em escola: ?Discriminação religiosa?

    Uma menina cristã da 5ª série foi impedida de iniciar um clube de oração em sua escola, nos Estados Unidos.

    De acordo com a Fox News, Laura, de 11 anos, não recebeu permissão da Creekside Elementary, na cidade de Creekside, enquanto um Clube do Orgulho LGBT obteve autorização para funcionar na escola uma semana antes.

    Laura contou que teve a ideia de criar o grupo cristão, que receberia alunos de todas as religiões, porque se sentia sozinha em sala de aula. 

    Conversando com amigos cristãos, a menina desejou unir os estudantes e fazer o bem na comunidade com ações sociais.

    “Acho que isso é algo que me apaixona muito. Eu não estaria aqui se não quisesse realmente que isso acontecesse, se não achasse que seria uma grande oportunidade para todos”, declarou Laura, em entrevista ao programa Fox News Night.

    Agora, o First Liberty Institute, uma organização jurídica cristã, está defendendo Laura em ter seu direito religioso garantido na escola.

    “Negar a formação de um clube estudantil religioso e permitir outros clubes viola a Constituição”, afirmou Kayla Toney, conselheira associada da organização.

    “Os funcionários da escola da Creekside Elementary estão envolvidos na discriminação religiosa contra uma menina de 11 anos que simplesmente quer orar, sentir o apoio de outros amigos religiosos e prestar serviço comunitário”.

    Clube LGBT autorizado

    Em fevereiro, Laura e sua mãe tiveram uma reunião com o diretor da escola, que alegou que todo o financiamento para os clubes escolares havia acabado em outubro. Porém, um clube LGTB havia sido inaugurado uma semana antes.

    Os advogados da First Liberty afirmaram que a constituição americana garante o direito de estudantes e funcionários expressarem sua fé nas escolas públicas, lembrando do caso do técnico Joe Kennedy, demitido por orar no campo de futebol da escola em que trabalhava.

    “O Tribunal no caso Kennedy explicou que a Primeira Emenda 'protege duplamente o discurso religioso'. Essas proteções da Primeira Emenda se estendem a estudantes do ensino fundamental que expressam suas crenças religiosas sinceras por meio de clubes voluntários”, explicou First Liberty, em carta enviada ao distrito escolar de Issaquah, responsável pela escola de Laura.

    E acrescentou: “No entanto, o distrito escolar desrespeitou suas obrigações da Primeira Emenda quando se recusou a permitir um clube de oração inter-religioso liderado por estudantes. Sua ação ilegal viola tanto a Cláusula de Livre Exercício quanto a a Cláusula de Liberdade de Expressão".






Nenhuma programação cadastrada
para esse horário




Chat dos Ouvintes

Digite seu NOME:


Peça sua Música

  • fabiano
    Cidade: cruz do Espirito Santo
    Música: VOZ DA VERDADE PRA QUE
  • LENILZA FREITAS RIBEIRO
    Cidade: PETRÓPOLIS
    Música: raridade
  • rhamon e janaina
    Cidade: santa rita
    Música: depois do culto - samuel mariano
  • Irmã Graça
    Cidade:
    Música: Voce é especial
  • joelma
    Cidade: Duque de Caxias Rio De Janeiro
    Música: Sarah Farias Deixa eu te usar
  • Rejane oliveira
    Cidade: João Pessoa
    Música: A hora do milagre
Publicidade Lateral





Estatísticas
Visitas: 73415 Usuários Online: 6


Agenda



Nenhum Evento cadastrado







Copyright (c) 2024 - Rádio A Porta - Todos os direitos reservados